Diálogo Brasil debate o processo de adoção no país

Da Agência Brasil

O programa Diálogo Brasil desta terça-feira (20) vai discutir o processo de adoção no país, cujo cadastro de pretendentes a um filho ou filha é cinco vezes maior que o de crianças à espera de uma família. A juíza de direito Sandra Silvestre, do Conselho Nacional de Justiça, e a promotora do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios Luisa de Marillac discutem a questão e mostram soluções. O programa vai ao ar às 20h30, na TV Brasil.

Luisa de Marillac lembra que "está sempre em pauta o interesse superior da criança". Para ela, é imprescindível esgotar todas as possibilidades de manter a criança na família, e o processo apenas tem início depois da destituição do pátrio poder, que, em regra, extrapola o prazo previsto. A juíza Sandra Silvestre acrescenta que, às vezes, mães mudam de ideia ou pais aparecem de última hora para reconhecer a paternidade ou reclamar a guarda. Mas também há problemas estruturais, como a falta de juízes e varas especializados.

Também participam do programa, por meio de depoimentos, a secretária nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente, Cláudia Vidigal, o psicólogo-chefe da Vara da Infância e Juventude do Distrito Federal, Walter Gomes de Souza, e o juiz da Infância e Juventude de Pernambuco Élio Braz Mendes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos