Justiça do Rio desbloqueia contas de prefeito Eduardo Paes

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro -  Segundo a assessoria do prefeito,  não houve qualquer lesão aos cofres públicos e, por isso, foi suspenso o bloqueio de bens de Eduardo Paes Tomaz Silva/Agência Brasil

A Justiça do Rio de Janeiro desbloqueou as contas do prefeito carioca, Eduardo Paes. As contas foram bloqueadas pela Justiça a pedido do Ministério Público em ação sobre suposto benefício fiscal dado à Fiori Empreendimentos Imobiliários na construção do campo de golfe dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Em sua defesa, Paes apresentou certidões para mostrar inexistência de qualquer isenção de taxa ou de pagamento de reembolso à empresa. Além disso, foi apresentado documento de execução fiscal já ajuizada contra a Fiori para cobrar os tributos devidos.

Segundo a assessoria de imprensa do prefeito, ainda que a empresa questione se deve ou não pagar a taxa, não houve qualquer lesão aos cofres públicos e, por isso, foi suspenso o bloqueio de bens do prefeito. Além disso, segundo a assessoria, o município do Rio não precisará fazer no futuro qualquer compensação ou reembolso à Fiori. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos