No Recife, Geraldo Julio promete "fazer mais com menos", em referência à crise

Sumaia Villela - Correspondente da Agência Brasil

Geraldo Julio toma posse como prefeito para seu segundo mandato, na Câmara Municipal de Recife Sumaia Villela/Agência Brasil

Ao tomar posse hoje (1º) como prefeito reeleito do Recife, Geraldo Julio (PSB) estabeleceu o lema de "fazer mais com menos", citando diversas vezes a crise econômica e de arrecadação que o país enfrenta. Ele fez um discurso crítico a um ajuste fiscal que prejudique o combate à desigualdade e investimentos públicos em áreas como educação e saúde. 

"O momento é, sim, de buscar equilíbrio nas contas públicas, mas jamais de reduzir os serviços públicos. O caminho para o ajuste fiscal não pode passar pelo aprofundamento das desigualdades, que já são tão absurdas no nosso país. Todos sabem que quem está pagando a conta mais cara da crise são os mais pobres", afirmou. "Não vamos admitir o fechamento de creches, escolas, maternidades, hospitais ou a perda de conquistas sociais no Brasil como um caminho para o país sair da crise. Pelo contrário: o governo deve oferecer mais serviços e mais qualidade para a população", completou.

Geraldo Julio voltou a dizer que as pessoas precisam "voltar a acreditar na política" e prestou homenagem aos politicos Miguel Arraes e Pelópidas Silveira. O prefeito também elogiou seu padrinho político Eduardo Campos, ex-governador de Pernambuco e ex-candidato à Presidência da República, que morreu em um acidente aéreo durante a campanha presidencial de 2014.

Nos últimos dias do seu primeiro mandato, o prefeito conseguiu aprovar na Câmara Municipal uma reforma administrativa que extinguiu nove secretarias e três autarquias, além de transformar quatro empresas públicas e sociedades de economia mista em autarquias. A economia estimada pela prefeitura é de R$ 81 milhões. A nova composição do secretariado deve ser divulgada amanhã (2), antes da posse da equipe.

Para gerenciar o executivo municipal, Geraldo Julio terá um orçamento previsto de R$ 5,9 bilhões, mantendo o mesmo patamar que o calculado no início do exercício anterior. O montante é cerca de 0,3% maior que no ano passado, uma diferença de R$ 16 milhões. Os maiores investimentos pertencem às pastas de urbanismo (onde estão muitas obras de grande porte), saúde e educação.

Antes de tomar posse, o prefeito afirmou à imprensa que assume o novo mandato como se fosse a "primeira vez". Ele também falou sobre as prioridades do novo mandato. "A prioridade é a gente manter os serviços, cuidar da saúde, da educação, oferecer oportunidade pra juventude, cuidar da manutenção da cidade".

Histórico

O prefeito reeleito venceu no segundo turno com 61,30% dos votos válidos, enquanto o ex-prefeito do Recife João Paulo (PT) conseguiu 38,70%.

Geraldo Júlio, 45 anos, é servidor concursado do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) e havia ocupado cargos em secretarias e no Porto de Suape. Ele nunca tinha disputado uma eleição antes de 2012, quando foi eleito no primeiro turno com 51,15% dos votos válidos. Na época, começou com menos de 7% das intenções de voto.

O crescimento expressivo se deveu ao empenho do então governador de Pernambuco, Eduardo Campos, também do PSB. Geraldo Júlio disputou a reeleição com o apoio de 20 partidos políticos - a Frente Popular do Recife, maior coligação daquele pleito.

O vice-prefeito do primeiro mandato, Luciano Siqueira (PCdoB), permaneceu na chapa da reeleição e também tomou posse neste domingo.

Câmara Municipal

A posse dos 39  vereadores do Recife ocorreu mais cedo, às 15h, também no plenário da Câmara Municipal. Logo depois foi eleita a mesa diretora, e o vereador Eduardo Marques (PSB), mesmo partido de Geraldo Júlio, foi escolhido com 34 votos, derrotando a candidata da oposição,  Marília Arraes (PT), que obteve quatro votos. Houve ainda uma abstenção.

Além do presidente da casa, foram escolhidos os outros oito cargos que compõem a Comissão:  1º vice-presidente, 2º vice-presidente, 3º vice- presidente, 1º secretário, 2º secretário, 3º secretário e mais dois suplentes de secretários. Os eleitos tomaram posse logo depois da votação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos