Trens do ramal de Saracuruna já circulam normalmente no Rio

Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil

Os trens do ramal de Saracuruna, que ligam a Central do Brasil a Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, estão circulando normalmente hoje (3), depois de ficarem paralisados a noite passada (2), por medida de segurança, devido a intenso tiroteio envolvendo policiais militares e traficantes de drogas da favela de Manguinhos, na zona norte do Rio.

Na ação, o chefe do tráfico na comunidade, Thomás Bruno Dantas, o "Mongol", ficou ferido e morreu ao ser socorrido no Hospital Municipal Salgo Filho. O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) fazia uma operação na comunidade, onde domingo (1°) o soldado Antônio Carlos Paiva Nunes, de 34 anos, foi baleado na cabeça, durante um confronto na Avenida Leopoldo Bulhões. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e teve a morte cerebral confirmada pelos médicos na tarde de ontem (2).

Outros militares que faziam patrulhamento de rotina na Avenida Leopoldo Bulhões se depararam com um grupo de criminosos armados, tentando fugir da operação do Bope e procurando abrigo na favela do Jacarezinho, controlada pela mesma facção criminosa. No confronto, o traficante Mongol foi ferido e morreu ao ser socorrido na rede pública de saúde.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos