Servidores do Rio protestam contra atraso de salários

Vinícius Lisboa - Repórter da Agência Brasil

Servidores públicos ativos, inativos e pensionistas do estado do Rio de Janeiro protestam na manhã de hoje (5) contra o atraso de salários. O protesto se concentrou no Largo do Machado, na zona sul dá cidade, e segue em caminhada em direção ao Palácio das Laranjeiras, sede do governo estadual.

Os manifestantes carregam cartazes com pedidos de "SOS" e "pagamento já", bandeiras de centrais de trabalhadores e enfrentam sol forte e calor intenso. A passeata chama o governo de sem vergonha e assassino por deixar aposentados e pensionistas sem salário.

Parte dos servidores está sem receber desde novembro e também não ganhou o décimo terceiro. Segundo a Secretária de Fazenda, uma parcela de R$ 314 vai ser paga ao longo do dia de hoje a ativos, inativos e pensionistas. Outras parcelas estão previstas para quitar a folha de pagamento até o dia 17 de janeiro.

A médica neurologista aposentada Antonieta Campos, de 73 anos, está sem receber desde novembro e conta que só não enfrenta maiores dificuldades, porque é solteira e havia poupado dinheiro. Na passeata, ela protesta também por quem está em situação pior.

"Tem muita gente com filho, família e que está passando muito mais dificuldade. Eu estou aqui por eles também".

Policiais militares do 2º BPM (Botafogo) e do Batalhão de Policiamento em Grandes Eventos (BPGE) acompanham o deslocamento do ato e monitoram a situação no local. A PM informou que não divulga mais estimativa de participantes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos