Queda da inflação resultará na redução de juros, diz Temer

Pedro Peduzzi - Repórter da Agência Brasil

O presidente Michel Temer disse hoje (9), em Esteio, no Rio Grande do Sul, que, em função da queda recente da inflação, o governo já trabalha com a possibilidade de um cenário com juros mais baixos. Ele voltou a manifestar o interesse de atuar a favor da simplificação da Reforma Tributária que, afirmou, poderá resultar na revisão do pacto federativo.

"Quando chegamos, a inflação prevista era de 10,7%, e nós entregamos com 6,7%. Nós a baixamos 4 pontos percentuais em seis meses. Certa e seguramente, com a inflação caindo, os juros também cairão. E caindo responsavelmente [os juros] influenciarão os investimentos do nosso país", disse o presidente, durante evento de entrega de 61 ambulâncias para o estado. Mais cedo, Temer visitou algumas regiões alagadas pelas recentes chuvas que atingem no Rio Grande do Sul.

Temer acrescentou que, em apenas sete meses no cargo, teve sucesso em avançar em várias frentes de reformas. "Outras virão. Posso dizer: uma delas é a simplificação da Reforma Tributária", disse ele. "Será uma revisão do pacto federativo", acrescentou.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos