Câmara Legislativa derruba reajuste das passagens de ônibus no DF

Kariane Costa - Repórter do Radiojornalismo

Por unanimidade e em turno único, os deputados da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) derrubaram hoje (12) o aumento de até 25% nas tarifas de ônibus e metrô da capital.

Na sessão extraordinária desta quinta-feira, 18 dos 24 distritais compareceram ao plenário e todos se posicionaram contra o reajuste, inclusive integrantes da base aliada do governo.

Para o governador Rodrigo Rollemberg,a deicão da Câmara está "desconectada da realidade financeira do DF e do Brasil"Arquivo/Antonio Cruz/ Agência Brasil

Segurando faixas e cartazes, manifestantes e integrantes de movimentos sociais acompanharam a votação e comemoram o resultado. 

A redução do valor das passagens não é imediata. Para a medida começar a valer é preciso ainda publicação no Diário Oficial da CLDF e no Diário Oficial do GDF, que tem até 15 dias para publicar o novo decreto. O governo informou que a decisão da Câmara será submetida à Procuradoria-Geral do DF para saber quando entra em vigor.

O governador do DF, Rodrigo Rollemberg, classificou a decisão da Câmara como irresponsável, ilegal e abusiva. "Uma medida completamente desconectada da realidade financeira do DF e do Brasil. A Câmara Legislativa tem se destacado  por tomar medidas  que criam  despesas sem apontar receitas. É essa irresponsabilidade fiscal que contribuiu para que Brasília esteja vivendo a maior crise econômica de sua história", lamentou.

O chefe do Executivo disse também que vai recorrer à Justiça para manter os reajustes. O governador afirmou que o sistema de transporte público pode entrar em colapso em março se as tarifas não forem reajustadas.

Derrota para o governo, vitória para a nova Mesa Diretora da Câmara Legislativa. Presidente da Casa, o deputado Joe Valle (PDT)  disse que foi uma vitória coletiva e que a judicialização não é o caminho.

"Acredito que exista o bom senso em tudo, e o Executivo deve encaminhar dessa forma.Toda vez que há judicialização da politica ou uma politização da Justiça, temos coisas ruins acontecendo".

Em 30 de dezembro, o governo local anunciou o reajuste. As tarifas no DF subiram de R$ 2,25 para R$ 2,50 nas linhas circulares internas; de R$ 3 para R$ 3,50 as de ligação curta; e de R$ 4 para R$ 5 as viagens de longa distância e integração, mesmo valor para as de metrô.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos