São Paulo recebe mostra cinematográfica de diretoras negras

Bruno Bocchini -Repórter da Agência Brasil

Oito filmes dirigidos por diretoras negras, entre eles Amor Maldito, de 1984, de Adélia Sampaio - o primeiro longa-metragem comandado por uma mulher negra no país e também o primeiro filme com temática lésbica - serão apresentados a partir da próxima sexta-feira (20) no Sesc Belenzinho, na zona Leste da capital paulista.

A mostra, chamada A Magia da Mulher Negra, com curadoria de Kênia Freitas, também trará Cores e Botas (2010), de Juliana Vicente; Pariah (2011), de Dee Rees; e Caixa d?Água: Qui-lombo é Esse? (2013), de Everlane Moraes.

"A gente foi pesquisar, foi buscar temas e eixos, obras e atividades para falar do protagonismo negro na sociedade e nas artes de modo geral. Isso a partir da ideia de ativismo negro, das feministas negras, LGBT, das ações periféricas de São Paulo e de outras cidades", destacou a programadora do Sesc Belenzinho, Natália Nolli Sasso.

Na mostra também serão exibidos Família Alcântara (2005), de Daniel e Lilian Sola Santiago; O Dia de Jerusa (2014), de Viviane Ferreira; Afronauts (2014), de Frances Bodomo e A Noite da Verdade (2004), de Fanta Regina Nacro.

O Sesc Belenzinho fica na rua Padre Adelino, 1000, Belenzinho. Mais informações no  site www.sescsp.org.br/belenzinho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos