Possibilidade de chuva forte coloca o Rio em estágio de atenção

Cristina Indio do Brasil - Repórter da Agência Brasil *

O município do Rio de Janeiro entrou em estágio de atenção às 18h45 de hoje (16). Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, o motivo foi a presença de núcleos de chuva, formados pelo calor e pela alta umidade do ar, que atuam nas zonas norte e oeste da cidade e se deslocam em direção ao Centro e à zona sul.

A previsão para as próximas horas é de chuva moderada a forte, acompanhadas de rajadas de vento e raios.

A prefeitura recomendou que a população permaneça ou procure um local seguro e evite áreas sujeitas a alagamentos e/ou deslizamentos. Pediu ainda que os moradores verifiquem se há sinais de rachaduras em suas residências. Se perceberem trincas ou abalo na estrutura, o caminho é acionar a Defesa Civil no número 199 e sair de casa.

Emergência

Quem mora em áreas de risco deve ficar atento aos alertas sonoros, porque o acionamento de sirenes significa possibilidade de deslizamento. Nesse caso, os moradores precisam procurar os pontos de apoio definidos pela Defesa Civil Municipal. Para informações sobre esses pontos, bas ta ligar para o número 199.

Se estiver ao volante, deve-se prestar atenção às pistas que costumam ficar escorregadias e aos bolsões d'água que podem se formar. Os faróis devem permanecer acesos. Caso haja ventos fortes e/ou chuvas com descargas elétricas, o melhor é ficar distante de árvores ou de áreas descampadas.

Em casos de emergência, além do número da Defesa Civil, a população pode ligar para o Corpo de Bombeiros (193) ou para a Central de Atendimento da Prefeitura(1746).

Recorde de temperatura

De acordo com o Centro de Operações, o recorde de sensação térmica de 48,6º C, registrado hoje na estação de Guaratiba, na zona oeste da cidade, foi causado pela massa de ar quente que atua no município em combinação com a alta umidade.

Quanto maior estes valores, mais elevada é a sensação térmica. Segundo o Centro de Operações, desde o início do ano o Rio teve 14 dias com sensação térmica acima de 40º C. Os únicos dias em que isso não ocorreu foram quinta-feira (12) e sexta-feira (13). Por isso, a recomendação é o uso de protetor solar e procurar áreas de sombra nas ruas.

Previsão

Para os próximos dias, a previsão é de permanência da massa de ar quente com incidência de raios e ventos fortes. Amanhã (17) e na quarta-feira (18), a temperatura máxima deve ficar em torno de 35ºC, mas com sensação térmica elevada e tempo abafado.

Há previsões de pancadas de chuva durante a tarde e a noite. Para quinta-feira (19), a previsão é de formação de áreas de instabilidade, céu fechado com bastante nebulosidade. Na quinta, a máxima prevista é de 32ºC e na sexta (20) de 30ºC, com possibilidade de chuva a qualquer hora do dia.

Chuva na serra

Conforme o Sistema de Alerta de Cheias do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), os rios Quitandinha, Piabanha e Palatinado, em Petrópolis, na região serrana do Rio, estão em estágio de atenção. O estágio de atenção representa uma possível elevação dos níveis em função da ocorrência de chuva.

O Rio Saracuruna, em Santa Cruz da Serra e Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, e o Rio Acari, no município do rio, também estão com risco de elevação dos níveis, por causa da chuva forte na região.

* Colaborou Douglas Correa

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos