Museu reabre no Rio com atrações sobre energia com foco em estudantes

Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil

O Museu da Energia reabriu as portas para o público no Rio de Janeiro com o objetivo de atrair adultos e estudantes do ensino médio.

Inaugurado em 2012 pela distribuidora Light, o museu tinha como foco o público infantil. Após a reforma, o museu traz atrações para despertar o interesse de outros visitantes.

"Ele fica menos infantil e passa a ter uma aderência maior ao tema energia, sem perder a ludicidade que sempre teve", disse o gerente do Instituto Light e do Centro Cultural Light, Luis Felipe Younes do Amaral.

Uma das novidades é um túnel montado com lâmpadas de LED de várias cores, penduradas ao longo do trajeto, em uma espécie de circuito elétrico. A ideia é chamar atenção de estudantes do ensino médio que já têm conhecimento de física e eletricidade. Os visitantes deverão entrar no túnel, em grupos de três em três, e andar sem encostar nas lâmpadas que simulam fios de um circuito elétrico.

 

Museu Light da EnergiaDivulgação/Light

Outras atrações permanecem como a Praça das Energias e a maquete Caminhos da Energia, feita com peças do brinquedo Lego, lançadas em 2015.

Furto de energia

A organização do museu também quer alertar os visitantes sobre as perdas com o furto de energia, por meio de ligações ilegais na rede elétrica da cidade, os chamados gatos.

Um mapa mostrará ao público os prejuízos com o furto de energia em cada região do Rio de Janeiro. Segundo Luis Felipe do Amaral, a conta de energia dos consumidores poderia ser até 17% menor se não houvesse as ligações clandestinas.

Consumo consciente

Os visitantes também recebem dicas sobre como reduzir o consumo de energia em casa e no trabalho e, com isso, pagar menos na conta de luz.

"A gente mostra de onde ela [energia] vem, como é gerada, por onde ela passa até chegar na casa do consumidor. Energia não é uma coisa mágica. Ela tem um caminho e um custo, não só financeiro, mas da natureza em si".

As mudanças no museu tiveram como base o Museu da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC /RS) e o Museu da Eletricidade do Grupo CEEE, também no RS. A equipe também visitou museus de Paris, Londres, Munique, Lisboa e Porto (Portugal).

A visita ao Museu de Energia da Light é gratuita e pode ser agendada pelo site www.museulight.com.br. O museu fica na Avenida Marechal Floriano, 168, no centro, próximo da estação do metrô Presidente Vargas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos