Confiança do empresário sobe pela primeira vez em três meses

Da Agência Brasil

O Índice de Confiança do Empresário Industrial alcançou 50,1 pontos em janeiro de 2017, o que significa aumento de 2,1 pontos com relação a dezembro. A informação foi divulgada hoje (18) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

É a primeira vez que o índice sobe em três meses. Além disso, o indicador ficou ligeiramente acima da linha divisória dos 50 pontos, que separa o pessimismo do otimismo. Com relação a janeiro de 2016, o índice subiu 13,6 pontos. No entanto, continua abaixo da média histórica, de 54,1 pontos.

A confiança melhorou principalmente nas grandes empresas, onde o indicador da confiança do empresário passou de 50,3 em dezembro para 52,7 pontos em janeiro. Nas pequenas empresas, o indicador subiu de 44,4 para 46,3 pontos e nas médias, de 46,7 para 48,6 pontos.

Recuperação da economia

Na avaliação da CNI, a melhora é resultado de fatores como o anúncio de medidas para recuperar a economia, a redução dos juros e a desaceleração da inflação.

O indicador de expectativas para os próximos seis meses subiu de 51,6 pontos em dezembro para 54,7 pontos em janeiro. Mas os empresários continuam percebendo piora da situação atual da indústria e da economia. O indicador de condições atuais subiu de 40,7 para 41,2 pontos entre janeiro e dezembro, ainda bem abaixo da linha divisória dos 50 pontos.

A pesquisa ouviu 2.791 empresas em todo o país entre 3 e 13 de janeiro. Dessas, 1.088 são pequenas empresas, 1.056 são médias e 647 são de grande porte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos