Venda de imóveis novos em São Paulo tem queda de 30%, mostra Secovi

Fernanda Cruz - Repórter da Agência Brasil

São Paulo -  A venda de imóveis residenciais novos na capital paulista teve queda de 30,3% em novembro de 2016, na comparação com novembro de 2015Arquivo/Agência Brasil

A venda de imóveis residenciais novos na capital paulista teve queda de 30,3% em novembro de 2016, na comparação com novembro de 2015. Os dados foram divulgados hoje (18) pelo Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP).

Foram comercializadas 1.724 unidades em novembro, contra 2.473 unidades no mesmo mês do ano anterior. Em relação a outubro, houve alta de 14,4%. No acumulado de janeiro a novembro de 2016, foram comercializadas 14.048 imóveis, 18,7% menos que o mesmo período em 2015.

A cidade encerrou o mês de novembro com a oferta de 24.968 residencias disponíveis para venda, resultado 1,6% superior a outubro e 8,2% menor em comparação a novembro de 2015. A oferta é composta por imóveis na planta, em construção e prontos lançados nos últimos 36 meses.

Em novembro, 3.214 unidades residenciais foram lançadas, volume 45% superior a outubro e 8,8% inferior a novembro de 2015. De janeiro a novembro, foram ofertadas 15.603 residencias, queda de 19,5% em comparação ao mesmo período de 2015.

Os imóveis de dois dormitórios predominaram em quase todos os indicadores da pesquisa, foram 758 residencias vendidas e 1.594 lançadas. Imóveis com área útil entre 45 metros quadrados (m²) e 65 m² predominaram nas vendas (584 unidades) e nos lançamentos (1.335 residencias), seguidos pelos imóveis com menos de 45 m², que tiveram 540 unidades vendidas e 754 lançadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos