Aeronáutica informa que cinco pessoas estavam a bordo de avião em Paraty

Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil

O Comando da Aeronáutica, em Brasília, informou que o avião que caiu na tarde de hoje (19) no mar em Paraty (RJ) transportava cinco pessoas. A informações foram repassadas por mergulhadores da equipe de resgate do Corpo de Bombeiros do Rio, que visualizaram cinco corpos dentro da aeronave. Anteriormente, a informação era que quatro pessoas estavam na aeronave. 

A Aeronáutica enviou a Paraty uma equipe de militares especializados em investigação de acidentes aeronáuticos. Eles chegaram ao local às 20h30 desta quinta-feira (19) para auxiliar nas buscas dos corpos das vítimas do avião King Air C90, que decolou do Campo de Marte em São Paulo às 13h01 e caiu no mar nas proximidades da Ilha Rasa, em Paraty, região da Costa Verde fluminense. 

De acordo com a Aeronáutica, esses profissionais vão atuar na coleta de dados no local do acidente. A equipe vai analisar os destroços, indícios de falhas, performance da aeronave nos momentos finais do voo e partes da aeronave para análise.

A investigação também vai avaliar aspectos humanos que podem ter contribuído para a queda do avião (médicos e psicológicos) e operacionais (rota, meteorologia). 

Não é possível estabelecer prazo para o término das investigações.

A Aeronáutica, por meio do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), é o órgão responsável para conduzir as investigações de acidentes com aeronaves no país. O resultado da investigação é divulgado somente após a conclusão do Relatório Final, que é publicado no site do Cenipa.  A autoridade policial deve conduzir sua investigação paralelamente.

Um pescador relatou à produção da TV Brasil o momento em que o avião caiu no litoral. O pescador, que não quis se identificar, disse que o piloto tentou pousar o avião, mas uma das asas bateu na água e aeronave virou várias vezes. De acordo com o pescador, chovia muito no momento da queda. A região está em estado de atenção por causa dos temporais. Barcos de pesca, que estavam na região, tentaram se aproximar do avião, mas sem sucesso. O pescador relatou que uma mulher tentou sair do avião, mas não conseguiu. 

Entre as vítimas do acidente estão o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki; o empresário Carlos Alberto Fernandes Filgueiras, fundador do Grupo Emiliano; e o piloto da aeronave, Osmar Rodrigues. As identidades dos demais passageiros não foram informadas. 

Filgueiras era dono da aeronave.  O Corpo de Bombeiros informaram, mais cedo, que os corpos estão presos nas ferragens. As buscas prosseguem, apesar do mar revolto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos