Em primeiro jogo após tragédia, Chapecoense empata com Palmeiras

Felipe Pontes - Repórter da Agência Brasil

A Chapecoense empatou hoje (21) em 2 x 2 com o Palmeiras, na Arena Condá, em Chapecó, no primeiro jogo disputado pelo time profissional do clube após o desastre de avião que matou 71 pessoas, em 29 de novembro, entre elas, 19 jogadores do elenco principal do clube catarinense.

O amistoso foi beneficente e terá toda renda revertida para a reconstrução do time e o auxílio às famílias das vítimas. Antes da partida, os três jogadores que sobreviveram ao desastre aéreo - o lateral Alan Ruschel, o zagueiro Neto e o goleiro Jackson Follmann - entraram juntos em campo para, bastante emocionados, receber as medalhas e o troféu de campeão da Copa Sul-Americana.

Junto com Corinthians, São Paulo e Santos, o Palmeiras foi um dos times paulistas que emprestaram jogadores de seu elenco para que a Chapecoense reconstruísse seu time profissonal após a tragédia. Três jogadores do Verdão irão defender a camisa do time caterinense em 2017: o volante Amaral, o lateral direito João Pedro e o zagueiro Nathan. 

O Palmeiras foi também o último time que a Chapecoense enfrentou antes da tragédia, em uma partida pelo Campeonato Brasileiro, no Palestra Itália, em São Paulo. O Verdão venceu o jogo por 1 x 0 para se sagrar campeão brasileiro de 2016.

Neste sábado, o placar foi aberto pelo Palmeiras com Raphael Veiga, aos 11 minutos do primeiro tempo. Apenas três minutos depois, o zagueiro Douglas Grolli empatou para a Chapecoense. Logo no primeiro minuto da segunda etapa, o meia Amaral virou o jogo para o time catarinense. A vitória parecia a caminho, mas aos 33 minutos da etapa final o meia Vitinho deixou tudo igual.

Na próxima quarta-feira (25), será a vez de a seleção brasileira entrar em campo contra a Colômbia em um amistoso beneficente, no Engenhão, no Rio de Janeiro. Toda renda líquida da partida será destinada aos parentes das vítimas da tragédia aérea com a Chapecoense.

O avião fretado em que a Chapecoense viajava caiu nos arredores de Medellín, na Colômbia, onde o elenco disputaria a final da Copa Sul-americana contra o Atlético Nacional. Após pedido do time colombiano, a Conmebol declarou a Chapecoense como campeã do torneio

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos