PUBLICIDADE
Topo

Rebelião resulta em fuga de 200 presos em penitenciária de Bauru

Fernanda Cruz - Repórter da Agência Brasil

24/01/2017 10h38

Instituto Penal Agrícola Professor Noé AzevedoDivulgação/reintegracaosocial.sp.gov.br A rebelião no Instituto Penal Agrícola na cidade de Bauru, interior paulista, resultou na fuga de 200 presos, informou o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom). Parte dos presos foram recapturados, mas não há informações sobre o número exato dos que continuam foragidos. Um desentendimento entre presos e funcionários da penitenciária começou por volta das 8h30. Colchões chegaram a ser queimados e o Corpo de Bombeiros enviou sete viaturas ao local. Ninguém ficou ferido. A penitenciária tem capacidade para 1.124 internos, mas estava com 1.427 presos. O Instituto Penal funciona em regime semi-aberto e está localizada na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, altura do quilômetro 349, na zona rural.
Curta a página da Agência Brasil no Facebook