Receita apreende 645 kg de cocaína em porto de Santa Catarina

Alex Rodrigues - Repórter da Agência Brasil

 Agentes da Receita Federal da Alfândega de São Francisco do Sul (SC) apreenderam cerca de 645 quilos de uma substância semelhante a cocaína. A droga estava escondida em meio a carga de um contêiner que seria embarcado em um navio que partiria hoje (25), do Porto de Itapoá, no norte catarinense, com destino à Bélgica.

O produto estava embalado em tabletes espalhados por 24 bolsas. As equipes de vigilância da Receita o encontraram durante uma ação de rotina, quando conferiram se o conteúdo de 36 contêineres batiam com as declarações de exportação. Ao abrir um recipente que transportava madeira compensada para a Europa, os agentes se depararam com as bolsas contendo o pó branco parecido com a cocaína.

A suspeita é que a substância tenha sido colocada no contêiner sem o conhecimento do dono da carga de madeira, mas só a investigação que está a cargo da Polícia Federal (PF) apontará os envolvidos. Toda a carga suspeita já se encontra em posse da PF.

A última apreensão de drogas no Porto de Itapoá ocorreu em setembro de 2016, quando a Receita Federal e a Polícia Federal encontraram 40 quilos de cocaína escondidos em um contêiner. Em outras localidades, grandes quantidades de drogas têm sido apreendidas pela Receita e pela PF.

No último dia 18, no Porto de Santos (SP), 590 quilos de cocaína foram encontrados em um recipiente com sacas de amendoim que também tinha como destino o Porto de Antuérpia, na Bélgica.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos