Força de Intervenção Penitenciária inicia amanhã operação de retomada de Alcaçuz

Da Agência Brasil*

A Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária, que chegou hoje (26) ao Rio Grande do Norte, vai iniciar amanhã sua atuação na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, na região metropolitana de Natal. O trabalho da força-tarefa será auxiliar os agentes penitenciários na retomada do controle do presídio que, desde 14 de janeiro, está sob domínio dos detentos, que circulam pelo pátio e pelos pavilhões.

Os 78 agentes vêm do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), ligado ao Ministério da Justiça, do Rio de Janeiro, do Ceará, de São Paulo e do Distrito Federal e devem permanecer no estado por 30 dias. A definição do início da atuação destes agentes ocorreu em uma reunião entre a Secretaria de Justiça e da Cidadania do Estado (Sejuc) e as forças envolvidas na operação de retomada de Alcaçuz.

Os integrantes da força-tarefa trocarão informações com os agentes penitenciários do estado para fazer o reconhecimento da situação em Alcaçuz. A reunião de hoje também serviu para definir as estratégias de atuação na penitenciária.

Desde o dia 14 de janeiro que Alcaçuz está entregue aos presos. Duas facções criminosas entraram em conflito, com o saldo de 26 mortos até o momento. O governo local vai construir um muro para separar os membros das duas facções. Enquanto o muro não é erguido, os presos são separados por uma coluna de contêineres.

Após a rebelião em Alcaçuz, as forças de segurança descobriram oito túneis perto dos muros do presídio. Os números mais recentes divulgados pelo governo do estado dão conta de 56 fugitivos, 4 recapturados, 26 mortos e dez feridos.


* colaborou Kariane Costa, da Rádio Nacional

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos