Marisa Letícia passa por primeira etapa de exames para confirmar morte cerebral

Flávia Albuquerque - Repórter da Agência Brasil

Ex-primeira-dama Marisa Letícia teve um AVC hemorrágicoArquivo/Agência Brasil

O Hospital Sírio-Libanês informou há pouco que às 12h05 de hoje (3) foi realizada a primeira etapa do protocolo de morte encefálica da ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, de 66 anos. A morte cerebral foi declarada na manhã de ontem (2), porém ainda são necessários mais exames para constatar o diagnóstico.

Segundo o boletim médico, o protocolo será finalizado às 18h05.

Marisa Letícia foi internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Sírio-Libanês no dia 24 de janeiro, após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico.

Na manhã de ontem (2) foi realizado um doopler transcraniano que identificou a ausência de fluxo cerebral na paciente. A família autorizou a doação de órgãos.

A ex-primeira-dama está sendo acompanhada pelas equipes coordenadas pelos médicos Roberto Kalil Filho, Milberto Scaff, Marcos Stávale e José Guilherme Caldas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos