Polícia procura suspeitos de chacina em Porto Seguro

Sayonara Moreno - Correspondente da Agência Brasil

A Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP) informou hoje (06) que enviou unidades especializadas da Polícia Militar para continuar investigando a chacina ocorrida ontem (05), na cidade de Porto Seguro, no sul do estado, a 707 quilômetros de Salvador.

De acordo com a SSP, ninguém foi preso após o ataque que deixou oito pessoas mortas e um ferido, em uma residência de Porto Seguro. No entanto, foi informado que policiais da 23ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin) continuam nas ruas da cidade desde as primeiras horas de hoje, "colhendo informações sobre o ataque a uma 'festa de paredão'" e na tentativa de localizar os responsáveis pelos homicídios.

A assessoria de imprensa da SSP alertou que várias informações estão sendo divulgadas sobre da quantidade de pessoas envolvidas no crime e como cometeram os disparos, mas nega ter alguma confirmação a respeito dessas questões que, segundo o órgão, ainda precisam ser apuradas.

Ainda segundo a secretaria, que concentra as informações, sabe-se que as vítimas participavam de uma festa na orla da cidade e decidiram voltar para a casa onde aconteceram os disparos. Na tentativa de encontrar os responsáveis, o órgão solicita que informações a respeito do acontecido sejam passadas, gratuitamente e de forma anônima, pelo telefone 181 (Disque Denúncia do Interior).

 

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos