Usina Angra 2 é desligada por falha em equipamento

Vladimir Platonow - Repórter da Agência Brasil

Uma falha interna em um equipamento acarretou no desligamento da usina nuclear Angra 2. A desativação ocorreu às 9h26 desta quarta-feira (8), causada pelo derramamento de óleo lubrificante de uma das bombas de refrigeração do reator da usina. A informação foi divulgada à tarde, pela assessoria da Eletronuclear.

"As equipes técnicas da Eletronuclear já estão providenciando o reparo da peça e a limpeza do óleo derramado na área onde a bomba está localizada. A previsão é de que Angra 2 volte à operação nesta quinta-feira (9). O episódio não representou qualquer risco para a segurança de Angra 2, os trabalhadores da usina, a população ou o meio ambiente", informou a empresa, em nota.

Atualmente, a geração nuclear corresponde a 3% da eletricidade produzida no país e o equivalente a um terço do consumo do estado do Rio de Janeiro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos