Termina greve de coletores de lixo em São Bernardo do Campo

Flavia Albuquerque - Repórter da Agência Brasil

Funcionários da coleta de lixo de São Bernardo do Campo (SP) encerraram, na noite de ontem (8), a greve iniciada na última segunda-feira (6), após aceitarem acordo proposto pela SBC Valorização de Resíduos. Com os salários atrasados, cerca de 800 trabalhadores estavam parados.

Segundo o Sindicato dos Empregados em Empresas de Prestação de Serviços de Asseio e Conservação, Limpeza Urbana e Manutenção de Áreas Verdes Públicas e Privadas (Siemaco ABC), ficou acertado o pagamento dos salários e de Participação nos Lucros e Resultados (PLR). Com a greve, estima-se que três toneladas de lixo estejam acumuladas nas ruas da cidade. A estimativa do sindicato é de que a situação se normalize em uma semana.

A empresa SBC Valorização de Resíduos, responsável pelo recolhimento de lixo na cidade desde 2012, informou que passa por dificuldades financeiras. Segundo a empresa, a prefeitura não repassou mais de R$ 30 milhões referentes ao pagamento dos serviços de setembro a dezembro do ano passado.

Em nota, a empresa alega que a falta de pagamento "atinge diretamente a capacidade de operação da empresa, incapacitando de continuar a executar os serviços e a honrar nossos compromissos com funcionários e fornecedores".

A SBC Valorização de Resíduos atua em São Bernardo do Campo por meio de Parceria Público-Privada, e o contrato de concessão tem duração de 26 anos.

Em nota divulgada ontem, a prefeitura disse que a empresa recebeu, nos últimos quatro anos, R$ 728 milhões e que deveria ter recurso suficiente para pagar os trabalhadores. A prefeitura informou que o contrato com a empresa passa por auditoria para identificar irregularidades e ilegalidades.

"Dessa forma, como se faz com todos os apontamentos, a prefeitura notificou o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP), a fim de obter uma liberação ou impedimento da continuidade do contrato".

A prefeitura informou que aguarda decisão judicial para tomar providências quanto à continuidade ou rescisão do contrato.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos