Dez ônibus são incendiados na Grande BH e suspeito é preso

Léo Rodrigues - Correspondente da Agência Brasil

A Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) prendeu hoje (14) um jovem de 21 anos suspeito de ter articulado uma sequência de incêndios em ônibus na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Dez ônibus foram queimados entre domingo (12) e esta madrugada (14), mas ainda não há confirmação de que todas as ações estão relacionadas.

Segundo os policiais, os ataques foram ordenados por um traficante da cidade de Sarzedo (MG) em retaliação à morte de um criminoso na região. Em diversos veículos queimados, foram encontrados papéis com os dizeres: "O motivo de estarmos colocando fogo nos ônibus é pelas covardias que estão sendo feitas com os irmãos de Sarzedo. Estamos fechados com todas as comunidades".

O suspeito preso já possuía várias passagens pela polícia e foi encontrado em casa, onde também foi apreendida uma pistola carregada. Segundo a PMMG, ele tentou apagar mensagens no celular que devem comprovar as ordens para queimar os veículos.

Os ônibus foram incendiados nos municípios Vespasiano, Sarzedo, Contagem, Betim e nas regiões Noroeste e Barreiro de Belo Horizonte. Apesar dos ataques, as linhas de ônibus das localidades atingidas seguem operando normalmente. Alguns veículos estão sendo acompanhados por viaturas. Também foi reforçado o patrulhamento nas ruas, nos terminais e nas garagens das empresas de transporte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos