Justiça determina aos quatro grandes clubes do Rio jogos com uma só torcida

Vladimir Platonow - Repórter da Agência Brasil

A morte do torcedor botafoguense Diego Silva dos Santos, no último dia 12, antes da partida entre Botafogo e Flamengo, foi a gota d?água para a Justiça proibir a presença de torcida adversária nos jogos estaduais do Rio. A determinação foi divulgada nesta sexta-feira (17), em caráter liminar, pelo juiz Guilherme Schilling Polo Duarte, do Juizado Especial do Torcedor e dos Grandes Eventos.
Caso os clubes e a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) descumpram a determinação, deverão pagar multa de R$ 30 mil diários.

O pedido de liminar havia sido feito pelo Ministério Público, diante dos inúmeros casos de violência no futebol. A ação tem como réus Flamengo, Vasco, Botafogo, Fluminense e Ferj.
"Defiro a liminar... sendo autorizada a comercialização de ingressos apenas para a torcida do time mandante do jogo", escreveu o magistrado em sua decisão.

O juiz utilizou dados de pesquisas - inclusive uma da Universidade de São Paulo - que mostram a crescente violência entre torcedores, com mais de 100 mortes em duas décadas. "O quadro de crescente violência nos estádios e suas cercanias é alarmante e de conhecimento público... Os resultados mostram que durante 20 anos ocorreram 133 mortes de torcedores brasileiros, vítimas de enfrentamentos entre torcidas e acidentes em estádios," justificou o magistrado.

Ainda de acordo com o juiz, apenas de 2007 a 2011 foram registrados 73 óbitos, cerca de 54% do total. Para ele, a morte de Diego, no clássico realizado no Engenhão, foi um exemplo de barbárie, incentivada pela facilitação às torcidas organizadas. "O homicídio de Diego foi o de número 177 envolvendo brigas de torcidas nos últimos 17 anos, tal como ressaltado pelo Ministério Público em sua inicial," argumentou o magistrado Guilherme Duarte na sua decisão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos