Madureira foi às ruas festejar vitória da Portela

Akemi Nitahara - Repórter da Agência Brasil

Após quebrar o jejum de 33 anos sem um título do carnaval carioca, a Portela levou a comunidade às ruas de Oswaldo Cruz e Madureira, na zona norte do Rio, para festejar o título de número 22. A quadra da escola e as ruas no entorno ficaram tomadas de portelenses, eufóricos com o título. Na quadra, gritos de "a campeã voltou", além do samba deste ano e de canções antigas cantados em coro pela multidão.

Moradora de Bento Ribeiro, a torcedora da Portela Zeni de Oliveira Santos foi à quadra da escola comemorar o título depois de três décadas. "É o juri que tava cego, né? No ano passado ela estava linda, igual a este ano, e não ganhou. Este ano, eles reconheceram. Vim hoje porque é minha escola de coração. Eu tinha de estar aqui. É uma alegria imensa, já ganhei o ano!", comemorou a aposentada, de 65 anos.

Animada para o desfile das campeãs no sábado, a empresária do ramo de eventos Denise Calixto lembra que desfilou vestida de palhaça na última vez que a Portela ganhou, quando ela tinha 19 anos. Agora, aos 57, Denise saiu na ala da Igreja do Sangue Derramado e já pensa no próximo ano.

"Cada minuto dentro da concentração, até chegar à avenida, foi emocionante. Nós demos o máximo possível para que tudo ficasse como o [carnavalesco] Paulo Barros queria. Sábado, a gente vai dar também tudo. Aí que a gente vai brincar mais ainda o carnaval. Todas as escolas são lindas, a gente sabe o trabalho de todas elas, mas a Portela deu o máximo. A Portela é uma escola tradicional, família, que acolhe todos", disse.

Emocionado, o presidente da escola, Luis Carlos Magalhães, garantiu aos torcedores que lotaram a quadra que a escola vai retomar a grandeza de outros carnavais, graças ao empenho de seu antecessor, Marcos Falcon, assassinado em 2016.

"O que nós fizemos foi manter a sua equipe, a que você formou e seguir adiante com os seus ensinamentos. Por isso que estamos aqui e vamos alcançar muito mais. Nós vamos ser uma Portela de paz agora, vamos construir novamente, vamos formar passistas como nunca, vamos formar compositores como nunca, vamos formar lideranças como nunca, vamos voltar a ser a Portela que sempre foi a Portela campeã de tantos carnavais", declarou Falcon.

O último título conquistado pela Portela havia sido com o enredo "Contos da Sereia", em 1984. Este ano, o tema foi "Quem nunca sentiu o corpo arrepiar ao ver esse rio passar...".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos