Ministério reconhece situação de emergência em mais dez municípios

Pedro Peduzzi - Repórter da Agência Brasil

O Ministério da Integração Nacional reconheceu a situação de emergência em mais dez municípios. Um deles é a capital do Amapá, Macapá, em decorrência da erosão de margem fluvial que tem desviado as águas do rio Araguari e prejudicado comunidades no distrito de Bailique.

A medida, publicada no Diário Oficial da União de hoje (9), abrange outros nove municípios. Dois deles - Bauru e Bofete, em São Paulo - por causa de chuvas de grande intensidade. Outros quatro municípios tiveram a situação de emergência reconhecida devido a inundações: Itamarati (AM), Eirunepé (AM), Água Doce do Norte (ES) e Ribeirão Grande (SP). Já em Trairão (PA), Nova Santa Rita (RS) e Boçorocas, em Aparecida de Goiânia (GO), o motivo foram as enxurradas que lá ocorreram.

Com a situação de emergência reconhecida, esses municípios poderão solicitar apoio material e financeiro à Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec). Para tanto, é necessário que apresentem um Plano de Trabalho, por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres. O valor dos recursos a serem disponibilizados pelo ministério só será definido após uma análise técnica a ser feita pela Sedec.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos