Polícia Civil faz ação em condomínio do Minha Casa, Minha Vida no Rio

Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil

A Polícia Civil do Rio de Janeiro fez hoje (9) a Operação Facho de Luz para apreender cargas roubadas que estão escondidas no Conjunto Habitacional Guadalupe, na zona norte do Rio. Desde a inauguração em 2015, o condomínio, que integra o Programa Minha Casa, Minha Vida, foi alvo de ações de criminosos da região. Os bandidos abriram um buraco no muro e passaram a circular livremente pelo conjunto habitacional, intimidando moradores com o uso de armas pesadas e expulsando moradores dos apartamentos.

O Conjunto Habitacional Guadalupe foi inaugurado em 2015Tomaz Silva/Arquivo/Agência Brasil

A ação desta quinta-feira é uma consequência de um inquérito que investiga se pessoas que ocupam irregularmente o conjunto habitacional estão envolvidas em tráfico de drogas e também em roubos de cargas. A Polícia Civil estava munida de mandados de busca e apreensão para entrar nos imóveis. Um motorista de caminhão de carga e seus ajudantes, que eram mantidos reféns, foram libertados na operação.

Além da presença de bandidos no condomínio, os policiais fizeram um levantamento para identificar outros moradores que estejam morando nos apartamentos de forma irregular. A medida facilitará uma ação de reintegração de posse por parte da Caixa Econômica Federal.

A Caixa informou, em nota, que está colaborando com as autoridades para garantir o cumprimento da decisão judicial e esclarece que atua visando preservar o direito dos beneficiários devidamente selecionados pelo Programa Minha Casa, Minha Vida. O Residencial Guadalupe tem 240 unidades e foi entregue em junho de 2015.


 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos