Para suprir carência do metrô, ônibus voltam a circular em São Paulo com reforço

Marli Moreira - Repórter da Agência Brasil

Os ônibus voltaram a circular regularmente em toda a cidade de São Paulo depois de um início de manhã tumultuado pela greve dos motoristas, em adesão ao Dia Nacional de Paralisação em protesto contra as reformas trabalhistas e da Previdência, propostas pelo governo. Segundo a São Paulo Transportes (SPTrans), 85% da frota (14,6 mil veículos) está nas ruas, quantidade 15% acima do normal para o período da tarde.

O reforço vai atender à demanda de parte dos passageiros do metrô. Os metroviários também aderiram à paralisação de hoje e, com isso, os trens circulam parcialmente. Segundo o Metrô, das seis linhas, apenas a Linha 15-Prata, da Vila Prudente está totalmente parada.

Para reduzir os transtornos aos usuários, a SPTrans acionou o Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência (Paese), nos trechos de demanda de passageiros das linhas 1-Azul, entre o bairro do Jabaquara e a Praça da Sé, no centro e 3-Vermelha, entre as estações Barra Funda, na zona oeste e República, no centro.

Em razão das manifestações previstas para a tarde de hoje (15) na Avenida Paulista, foram feitos desvios nos trajetos de 28 linhas de ônibus desde as 14h. As alterações devem permanecer até as 22h. A maior parte dos ônibus passa pela Alameda Santos e pela Rua São Carlos do Pinhal, paralelas à Avenida Paulista. Segundo a SPTrans, podem ocorrer novas alterações ao longo da tarde.

CPTM

Os trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) circulam normalmente. A CPTM alerta, no entanto, que as transferências para o metrô estão abertas apenas nas estações Brás, Luz e Santo Amaro.

EMTU

Também voltou ao normal a oferta de ônibus das linhas da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo (EMTU), que operam nas regiões de Guarulhos, Alto Tietê, ABC e na Baixada Santista.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos