Grupos que vão administrar aeroportos brasileiros já operam em diversos países

Sabrina Craide - Repórter da Agência Brasil

Os grupos estrangeiros que vão operar os quatro aeroportos leiloados hoje (16) já têm experiência na administração de outros terminais em diversos países. A expertise na operação aeroportuária era uma das exigências do edital de licitação para a concessão dos aeroportos de Porto Alegre, Fortaleza, Salvador, Florianópolis.

Os investimentos previstos para os quatro aeroportos são da ordem de R$ 6,613 bilhões. As empresas terão que investir na ampliação dos terminais de passageiros (exceto Florianópolis, que terá um novo terminal), dos pátios das aeronaves e das pistas de pouso e decolagem. Também estão previstos aumento do número de pontes de embarque e dos estacionamentos de veículos.

Porto Alegre e Fortaleza

A empresa alemã Fraport, que será a administradora dos aeroportos de Porto Alegre e Fortaleza, atualmente opera seis aeroportos na Europa, entre eles o aeroporto de Frankfurt, considerado um dos mais modernos do mundo, além dos terminais de Hannover, também na Alemanha, outros dois na Bulgária, um na Rússia e outro na Eslovênia. A Fraport, que no ano passado registrou movimentação de mais de 150 milhões de passageiros, também opera três aeroportos na Ásia e um na América Latina (Peru).

O presidente-executivo da Fraport, Stefan Shulte, disse que a empresa está empenhada em desenvolver os dois aeroportos para o benefício do Brasil. "Vamos rapidamente implementar processos e serviços melhorados, bem como ofertas atraentes de alimentação e bebidas", disse Shulte, em nota no site da empresa.

O aeroporto de Porto Alegre foi arrematado por R$ 290,5 milhões, com ágio de 852,12%, e o de Fortaleza foi leiloado por R$ 425 milhões, com ágio de 18,5%.

Salvador e Florianópolis

O Aeroporto Internacional de Salvador será administrado pela Vinci Airports, operadora aeroportuária francesa que administra 35 aeroportos em seis paíse (Japão, Portugal, Camboja, República Dominicana, Chile e França). No ano passado, os terminais atenderam mais de 132 milhões de passageiros. O aeroporto de Salvador foi arrematado por R$ 660,9 milhões, com ágio de 113%.

O vencedor da concessão do Aeroporto Internacional de Florianópolis (RS) foi a operadora suíça Zurich International Airport, que administra o terminal de Zurique, na Suíça, com circulação de 25 milhões de passageiros por ano. O aeroporto de Florianópolis foi licitado por R$ 83,3 milhões, ágio de 58%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos