Papa Francisco diz que refugiados são "maior tragédia depois da Segunda Guerra"

Da Agência Télam

Papa Francisco demonstra preocupação com os refugiadosArquivo/Angelo Carconi/Ansa/Agência Lusa

O papa Francisco afirmou hoje (22) que a situação dos refugiados e da imigração é "a maior tragédia depois da Segunda Guerra Mundial", durante audiência na Praça São Pedro.

Jorge Bergoglio animou os integrantes da fundação Migrantes a continuar seu empenho "para receber e dar hospitalidade aos refugiados e imigrantes, levando em conta os direitos e deveres recíprocos de quem acolhe e quem é acolhido".

Ele completou dizendo que "não devemos esquecer que o problema dos refugiados, dos imigrantes é hoje a maior tragédia depois da Segunda Guerra Mundial".

A fundação Migrantes foi fundada pela Conferência Episcopal Italiana e se encarrega de organizar a acolhida dos refugiados que chegam ao país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos