Prefeitura de São Paulo autoriza testes de ônibus sem cobrador

Daniel Mello - Repórter da Agência Brasil

A prefeitura de São Paulo autorizou a operação experimental de cinco ônibus sem cobradores na linha Metro Jabaquara-Terminal Santo Amaro, na zona sul. Segundo a São Paulo Transporte (SPTrans), estatal municipal que faz a gestão do sistema de coletivos, os testes estão sendo feitos desde sábado (1º), com o compromisso de que não haverá demissão dos cobradores.

Atualmente, apenas 6% dos usuários de ônibus na cidade pagam em dinheiro. A grande maioria (94%) utiliza modelos do Bilhete Único, sistema que concede descontos por fidelidade ou nas integrações com outros modais. Na linha onde está sendo feito o teste, apenas 2% dos usuários ainda pagam as viagens com dinheiro.

A prefeitura não informou se há planos para testar o novo modelo em outras partes da cidade.

A MobiBrasil, empresa que opera a linha, disse, em nota, que não haverá demissões de cobradores. Segundo a companhia, estão sendo oferecidos cursos de capacitação nas áreas de manutenção, controle de operação e gestão de qualidade, para que os profissionais sejam realocados em outras áreas.

"Além destes cursos, temos também a Escola de Formação de Motoristas, criada para oferecer oportunidade aos cobradores e profissionais de outras áreas a se tornarem motoristas", acrescenta o comunicado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos