Não há missão mais prioritária do que as crianças, diz Marcela Temer

Elaine Patricia Cruz - Repórter da Agência Brasil

Ao participar na noite de hoje (4) do encerramento do Fórum Global da Criança na América do Sul, a primeira-dama Marcela Temer disse que o trabalho com as crianças é prioritário no país e no mundo. "Não há no mundo missão mais prioritária do que essa", disse.

"É nosso dever comum amparar a infância e garantir que os jovens de hoje possam crescer dignamente e realizar seu potencial. Enquanto houver crianças desassistidas, vítimas da violência, fome e maus tratos, haverá um trabalho urgente a fazer. E esse trabalho não é tarefa apenas de governos, mas de toda a sociedade: família, empresários, trabalhadores e meios de comunicação. A contribuição de todos é indispensável", disse ela, ao discursar na cerimônia de encerramento, que ocorreu na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Na avaliação de Marcela, esse empenho "é ainda mais necessário nos países mais carentes". "No Brasil, já percorremos um longo caminho para assegurar mais dignidade às nossas crianças. E longo também é o caminho que temos pela frente", acrescentou Marcela.

Também presenta na cerimônia, a rainha Silvia, da Suécia, elogiou a nova lei de proteção para crianças e adolescentes que  são testemunhas ou vítimas de violência. O projeto de lei foi sancionado hoje pelo presidente Michel Temer, durante o evento.  "Na prática, a criança será ouvida de forma protegida e especializada, podendo diminuir de dez para duas o número de vezes que ela tem que contar o acontecido no ambiente familiar", disse Silvia.

A rainha contou que seu trabalho na área da infância teve início quando esbarrou com uma criança na rua, que vivia em uma caixa de papelão, em uma visita ao Brasil. "A vida de uma criança é demasiada frágil para ser protegida nas duras realidades do mundo e em uma caixa de papelão. Nossas crianças merecem mais de nossa parte", disse ela, contando como surgiu a ideia de criar um fórum para discutir os problemas da infância.

Segundo ela, o fórum pretende estimular e conscientizar empresários na construção de uma "sociedade mais inclusiva e segura". "Hoje, líderes empresariais compartilharam contribuições valiosas sobre as oportunidades que as empresas oferecem. Aprendemos como pode ser utilizado o marketing e a comunicação nos direitos das crianças e do adolescente e na promoção da auto-estima positiva", falou. Ao final de seus breves discursos, a primeira-dama e a rainha assistiram a apresentação de um coral no auditório da Fiesp.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos