Polícia de Connecticut pode ser primeira dos EUA a usar drones com armas letais

Leandra Felipe - Correspondente da Agência Brasil

O estado de Connecticut, na costa leste dos Estados Unidos, pode aprovar hoje (5) um projeto de lei que permite à polícia usar drones (aparelhos voadores guiados por controle remoto) equipados com armas letais. Caso a lei seja aprovada, o estado será o primeiro dos EUA a adotar a medida. A proposta já passou pelo Comitê Judiciário e teve 34 votos favoráveis e sete contrários.

O projeto está na pauta do plenário da Câmara dos Representantes (Parlamento) de Connecticut. O texto original, enviado pelo governo, visava proibir o uso de drones para residentes, depois que um morador, da cidade acoplou uma pistola e um lança-chamas a um drone.

A proposta foi rejeitada três vezes até que uma emenda manteve a proibição civil, mas permitiu que drones armados possam ser usados pela polícia. Já existe um precedente legal nos EUA, uma vez que, desde 2015, o estado de Dakota do Norte permite que a polícia use drones equipados com armas não-letais, como bombas de gás lacrimogêneo, spray de pimenta e balas de borracha.

Apoiadores do projeto defendem que os drones armados podem ajudar a polícia a proteger a população, como num ataque terrorista, por exemplo. Mas entidades de defesa de direitos civis estão preocupadas com possíveis casos de abuso policial no uso dos equipamentos, caso a lei seja aprovada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos