Bala perdida mata no Rio desempregado que saiu de casa para comprar pão

Douglas Correa - Repórter da Agência Brasil

O pedreiro Luiz dos Santos Silva, 42 anos, foi morto hoje (12) pela manhã, na Vila Cruzeiro, na Penha, subúrbio do Rio de Janeiro, durante um confronto entre policiais militares da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da região e traficantes de drogas.

A vítima voltava da padaria às 6h30, quando ocorreu a troca de tiros. Luiz foi vítima de bala perdida na nuca e morreu ao ser levado por vizinhos para o Hospital Estadual Getúlio Vargas. Os familiares do pedreiro fizeram um protesto fechando a Avenida Brás de Pina, uma das principais da Penha. O homem tinha cinco filhos e estava desempregado. Vivia de biscates.

A Coordenadoria das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) confirmou a morte e informou que, no momento em que a vítima foi ferida, havia um confronto entre traficantes e policiais militares.

De acordo com o comando da UPP Vila Cruzeiro, policiais da unidade estavam em patrulhamento na localidade conhecida como Bairro Treze, por volta das 6h30 desta quarta-feira (12), quando se depararam com criminosos armados. Houve confronto e um morador foi atingido. Ele foi socorrido e levado para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, mas não resistiu ao ferimento. O caso está sendo registrado na 22ª delegacia policial (Penha).

A Secretaria Municipal de Educação informou que, por medida de segurança, uma escola, uma creche e dois Espaços de Desenvolvimento Infantil não funcionaram hoje na Vila Cruzeiro e Complexo da Penha, deixando 1.482 alunos sem aula.

PMs atacados em Ipanema

No morro do Pavão-Pavãozinho, em Ipanema, zona sul carioca, houve um confronto entre policiais da Unidade de Polícia Pacificadora e criminosos que atacaram os militares, que caminhavam pela parte alta da comunidade em patrulhamento de rotina. No conflito, ninguém ficou ferido e também não houve prisões.

De acordo com o comando da UPP Cantagalo/Pavão-Pavãozinho, policiais da unidade foram recebidos a tiros durante patrulhamento na localidade conhecida como Escadaria do 48, às 9h30, de hoje. Os agentes revidaram e os criminosos fugiram.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos