Número de mortos em atentado na Síria sobe para 126; ao menos 68 eram crianças

Da Agência EFE

O Observatório Sírio de Direitos Humanos informou hoje (16) que pelo menos 68 crianças morreram no ataque de ontem (15) contra um comboio de evacuados na zona de Al Rashidin, a oeste da cidade síria de Aleppo. As informações são da Agência EFE.

A organização não governamental (ONG) detalhou que o número de mortos aumentou para 126 pessoas; das quais 109 eram moradores de Al Fu'ah e Kafarya e voluntários do Crescente Vermelho Sírio, que estavam ali para facilitar o processo de evacuação.

Segundo o observatório, dos 109, 68 eram crianças e 13 eram mulheres, enquanto que o resto eram homens armados. A ONG não descartou que o número de mortos aumente ainda mais, pois há dezenas de feridos e desaparecidos.

O atentado ocorreu quando os ônibus com evacuados de Al Fu'ah e Kafarya, dois povoados de maioria xiita da província de Idlib (noroeste), esperavam na passagem de Al Rashidin para cruzar para as áreas sob o controle das autoridades do regime em Aleppo.

Os veículos estavam estacionados nessa área, quando uma caminhonete explodiu. Por enquanto, nenhuma organização reivindicou este ataque.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos