Plenário da Câmara analisa destaques a projeto de recuperação fiscal dos estados

Débora Brito - Repórter da Agência Brasil

O plenário da Câmara dos Deputados começou a analisar hoje (19) os destaques ao Projeto de Lei (PL) 343/2017, que trata da recuperação fiscal dos estados. O texto-base da proposta, que prevê a suspensão do pagamento da dívida dos estados à União por três anos a partir da adoção de um plano de contrapartidas, foi aprovado ontem (18) por 301 votos a 127.

Ficou pendente a votação de 16 destaques apresentados ao projeto. Depois de duas horas de discussão, os deputados rejeitaram um destaque do PCdoB que pedia a retirada das contrapartidas impostas aos estados em troca da interrupção do pagamento da dívida.

As contrapartidas apresentadas pela União têm sido o principal motivo das controvérsias em torno do projeto. Para facilitar a aprovação do PL, o relator da proposta, deputado Pedro Paulo (PMDB-RJ), flexibilizou alguns pontos do texto, sem, contudo, retirar as exigências do governo.

A proposta original foi enviada pelo Executivo em fevereiro, depois que a Câmara aprovou, no fim do ano passado, um projeto que suspendia as dívidas, mas sem a imposição de nenhuma contrapartida. O novo projeto enviado pelo governo reintroduz as contrapartidas, mas ainda enfrenta resistência de alguns governadores e das bancadas de oposição.

Entre as exigências da União, estão a privatização de empresas de serviços financeiros, energia e saneamento; a elevação das alíquotas de contribuição social de servidores e o impedimento de aumentar salários ou realizar qualquer forma de admissão de pessoal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos