Empregados dos Correios de São Paulo encerram greve

Bruno Bocchini - Repórter da Agência Brasil *

Os trabalhadores dos Correios na capital paulista decidiram hoje (8), em assembleia da categoria, encerrar a greve iniciada no último dia 27. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos e Similares de São Paulo, Grande São Paulo e zona postal de Sorocaba (Sintect-SP), serão compensadas 48 horas de paralisação, ou 56 horas para os empregados que trabalham aos sábados, durante os próximos 60 dias.

Segundo os Correios, 89,2% dos empregados de todo o país haviam voltado ao trabalho na última sexta-feira. Parte dos trabalhadores, no entanto, estão realizando assembleias hoje. "Os Correios confiam no bom senso de seus empregados para que retornem ao trabalho, de forma a não prejudicar, ainda mais, a sustentabilidade da empresa e a qualidade dos serviços prestados à população".

A Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) informou que os trabalhadores do Rio de Janeiro e de Mato Grosso do Sul também decidiram encerrar a greve. Outros estados ainda estão realizando assembleias e deverão decidir ainda nesta segunda-feira se continuam ou não com a paralisação.

* Colaborou Sabrina Craide

 

Matéria atualizada às 18h40 para acréscimo de informações

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos