Justiça condena estado de São Paulo a indenizar família de jovem morto por PM

Camila Boehm - Repórter da Agência Brasil

A Justiça de São Paulo condenou o estado a pagar indenização de R$ 750 mil para a família do jovem Yago Batista de Souza, 17 anos, morto por um policial militar durante abordagem na zona leste da capital paulista, em 2012. A defesa da família de Yago vai recorrer da decisão por considerar que o valor da indenização é irrisório.

De acordo com o advogado Ademar Gomes, Yago estava sentado em frente ao prédio onde morava, com mais quatro amigos, no dia em que foi assassinado. O grupo pretendia jogar bola, mas foi abordado por policiais militares. Ainda segundo o advogado, um dos PMs apontou a arma de fogo e disparou contra a vítima, que morreu.

A Agência Brasil procurou a Secretaria de Segurança Pública do estado para comentar a decisão, mas não teve retorno até a publicação da reportagem. A Procuradoria-Geral de São Paulo foi procurada por telefone na noite de hoje, mas ninguém foi encontrado para responder se o estado vai recorrer da decisão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos