MP-SP vai acompanhar investigação de agressão de morador de rua por guarda civil

Camila Boehm - Repórter da Agência Brasil

O Ministério Público de São Paulo vai acompanhar o inquérito policial que investiga a agressão praticada por um agente da Guarda Civil Metropolitana contra um morador de rua, no último dia 9, próximo à estação de metrô Conceição, na zona sul da capital paulista. 

A Subprocuradoria-Geral de Justiça de Políticas Criminais e Institucionais designou o promotor de Justiça Alfonso Presti, da 4ª Promotoria de Justiça Criminal da Barra Funda, para acompanhar o caso. O inquérito policial 177/17 tramita no 35º Distrito Policial da cidade, onde foi registrada a ocorrência.

A agressão ocorreu durante uma operação da prefeitura para recolher objetos deixados por moradores de rua e foi gravada por um estudante de jornalismo que passava pelo local. O vídeo mostra o morador de rua sendo empurrado e agredido por um guarda civil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos