Sem-terra deixam prédio do Incra

Letycia Bond - Repórter da Agência Brasil

O grupo de manifestantes do Movimento dos Sem Terra Brasileiro (MSTB), da União Nacional Camponesa (UNC) e da Frente Revolucionária Mulheres de Luta (FRML) iniciou, na manhã de hoje (23), a desocupação da sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em Brasília.

A decisão ocorreu após acordo com a presidência do instituto para que os servidores pudessem voltar a trabalhar. O prédio estava ocupado desde a madrugada de ontem (22). De acordo com a administração, o acesso dos funcionários será feito após a realização de perícia dos ambientes. Os integrantes retiraram seus pertences do prédio e aguardam, na lateral do edifício, o término de uma reunião entre representantes da autarquia e líderes dos movimentos.

Em nota, a autarquia comunicou que a Ouvidoria Agrária Nacional intermediou a negociação e que o diálogo estava condicionado à liberação do local. Na noite de ontem (22), a Justiça notificou os manifestantes de que cumpriria, nesta terça-feira, reintegração de posse.

Há duas viaturas policiais, em frente ao prédio. Por volta das 8h, o policiamento era garantido por duas motocicletas e três veículos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos