Instalação artística no Masp pede reforma política

Elaine Patricia Cruz - Repórter da Agência Brasil

Centenas de máscaras com rosto de políticos e do presidente Michel Temer foram colocadas hoje (1) no vão-livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), na Avenida Paulista, pelo movimento Rio de Paz. A intenção é chamar a atenção das pessoas para a necessidade de reforma política no país, segundo os representantes do movimento. O ato começou às 6h da manhã e terminou às 14h.

"São duas demandas: pedir a saída do presidente Temer e a reforma política", disse à Agência Brasil a coordenadora da ONG Rio de Paz na cidade, Fernanda Vallim Matos. "Precisamos de uma reforma ampla, em que a sociedade discuta todas as propostas e que tenha celeridade, para que tenhamos maior segurança para escolher nossos representantes em 2018. O sistema precisa mudar. Não adianta mudar uma pessoa."

As máscaras com bochechas pintadas de vermelho, instaladas no vão do Masp, representam, segundo a coordenadora, a "vergonha" que políticos deveriam ter da atual situação do país. "Estão quase todos envolvidos em escândalos de corrupção. Estamos vivendo uma crise ética e moral muito grande e não vemos uma atitude de vergonha ou constrangimento."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos