Virada Sustentável chega ao Rio com eventos no final de semana

Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil

Depois de sete edições em São Paulo e outros festivais em Manaus, Valinhos (SP) e Porto Alegre, o movimento de mobilização colaborativa em prol da sustentabilidade, conhecido como Virada Sustentável, chega finalmente ao Rio de Janeiro no próximo final de semana, entre os dias 9 e 11 deste mês.

O coordenador do evento na capital fluminense, Renato Saraiva, disse que o movimento pode ser traduzido como cultura para a sustentabilidade, entendendo-se a sustentabilidade não só do ponto de vista ambiental e ecológico, mas também envolvendo defesa de direitos, arte e cultura, "em toda espécie de diretriz que a gente precisa para ter sustentabilidade, ou mesmo subsistir como humanidade".

O movimento tem como diretrizes os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), para entender a sustentabilidade no seu sentido amplo. "Nós realizamos, na prática, um festival que vai para além disso, porque virou um movimento mesmo". A Virada Sustentável funciona como um "guarda-chuva" de projetos e atividades não necessariamente sustentáveis, mas em prol da sustentabilidade, disse Saraiva.

O evento acontece em vários locais da cidade. Haverá palcos na Praça Mauá, no centro, e no Parque Madureira, na zona norte; atividades no Parque Laje, no Jardim Botânico, e no Favela Hub - polo de inovação social da organização não governamental (ONG) Viva Rio no Morro do Cantagalo/Pavão-Pavãozinho, ambos na zona sul; seminários no Museu de Arte do Rio (MAR), no Museu do Amanhã, na Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) e na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ).

Até o momento, são mais de 400 atividades gratuitas programadas. Apenas os seminários e painéis têm lotação prevista e exigem inscrições prévias.

Vídeo mapping

Amanhã (8), às 20h, antecipando a abertura da Virada Sustentável, o monumento do Cristo Redentor perderá durante seis minutos a iluminação verde que remete à Semana do Meio Ambiente para receber uma projeção especial.

"Vamos fazer um vídeo mapping (técnica que consiste na projeção de vídeo em objetos ou superfícies irregulares) curto, de seis minutos. É uma projeção mapeada no monumento do Cristo destacando os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU", adiantou Renato Saraiva. Após a exibição de algumas imagens, o monumento receberá as cores verde e amarela durante um intervalo que pode se estender por uma hora e meia, retornando, a seguir, à iluminação verde relativa ao meio ambiente.

O encerramento da Virada Sustentável está previsto para o domingo (11), no Parque Madureira, onde ocorrerá, às 17h, um aulão de charme - dança originária do Viaduto de Madureira -, seguido de um baile charme a partir das 18h. O coordenador Saraiva destaca que todos os cariocas e visitantes estão convidados a participar das atividades.

Na sexta-feira (9), algumas atrações são o 6º Festival Carioca de Contação de Histórias; a exposição Lixo, Arte ou o Resultado do seu Consumo; Amazônia Adentro - uma experiência em realidade virtual; Circuito Moda Carioca; Conversa sobre Inclusão e Espaço Favela tem Memória.

Para sábado estão programados o Ateliê Aberto de Sensibilidade - Perspectiva Territorial; Caça aos Tesouros do Meu Bairro; Circo em Família; Danças Circulares Sagradas; Diálogo sobre Violência Doméstica, Gênero e Sexualidade; Economia Circular e Local, entre outros.

Já no domingo (11), o destaque da programação é o Aulão de Música para Mulheres; Acampamento Modelo; roda de conversa A Empatia do Coração; show de mantras Simplesmente Bhakti.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos