Vítimas de febre amarela chegam a 21 no Rio, com casos em Niterói e São Gonçalo

Vladimir Platonow - Repórter da Agência Brasil

O número de vítimas de febre amarela no estado do Rio já chega a 21 este ano e os novos casos ocorreram mais próximos à capital, com duas vítimas em Niterói e São Gonçalo, na região metropolitana. O número de mortos é de oito, um a mais do que na semana passada. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (12), pela Secretaria Estadual de Saúde.

Um caso registrado em Niterói e outro em São Gonçalo foram creditados a pacientes que contraíram a doença no município de Maricá, que já conta com um caso de morte. Por enquanto, a cidade com maior número de casos é Casimiro de Abreu, na Região dos Lagos, com sete casos, sendo um óbito. Os municípios de Silva Jardim e Santa Maria Madalena registraram uma morte em cada.

A morte mais recente foi em Macaé, no norte do estado, que conta com quatro casos, sendo dois óbitos. Em Porciúncula, há dois casos, ambos fatais. Os demais casos de contaminação estão dispersos pelos municípios de Cachoeiras de Macacu, São Fidélis e São Pedro da Aldeia, com um caso, cada, mas sem óbitos.

Em outros oito municípios foram registrados casos de febre amarela em macacos: São Sebastião do Alto, Campos dos Goytacazes, Maricá, Carmo, Rio das Flores, Macaé, Petrópolis e Macuco.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos