Tigresa Laila, do Zoológico de Brasília, morre aos 21 anos

Paulo Victor Chagas - Repórter da Agência Brasil

Tigresa Laila viveu 21 anos, bem mais do que a expectativa de vida de sua espécie, de 14 anos Divulgação/Zoológico de Brasilia

O Zoológico de Brasília informou hoje (26) que a tigresa-de-bengala Laila, de 21 anos, morreu no último sábado (24) por falência renal após apresentar problemas de saúde nas últimas semanas.

A idade da tigresa era considerada avançada para a espécie, que tem expectativa de vida de 14 anos.

Laila vivia com o seu irmão, Rabisco, de 15 anos, e fazia parte da segunda geração de tigres-de-bengala da instituição, filhotes de Hanny e Sultão, que chegaram à unidade como parte do programa de reprodução de espécies ameaçadas.

Por enquanto, segundo o Zoo de Brasília, não há previsão de vinda de novo animal da mesma espécie para substituir a tigresa Laila.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos