Merkel enfatiza compromisso com acordo climático de Paris, em crítica a Trump

Da Agência Brasil*

Sem citar nomes, a chanceler alemã Angela Merkel fez críticas às políticas do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em um discurso no Parlamento, nesta semana. Merkel enfatizou o compromisso da Alemanha para a cooperação multilateral para enfrentar os desafios transnacionais, tais como as alterações climáticas.

"Quem pensa que os problemas deste mundo podem ser resolvidos com o isolacionismo e o protecionismo está cometendo um enorme erro", disse Merkel, a uma semana do início oficial da Cúpula do G-20. "Somente juntos podemos encontrar as respostas certas às questões centrais dos nossos tempos". Esta circunstância se aplica ao G-20 e também à União Europeia, de acordo com a chanceler.

Dirigindo-se à questão das mudanças climáticas, ela advertiu que "não podemos esperar até que a última pessoa na Terra esteja convencida da evidência científica das mudanças climáticas. Em outras palavras: o acordo climático [de Paris] é irreversível e não negociável."

Desde que os Estados Unidos abandonaram o Acordo de Paris, a Alemanha ficou "mais comprometida do que nunca para torná-lo um sucesso", disse Merkel.

A Alemanha sediará a cúpula do G-20, de 7 a 8 de julho, na cidade de Hamburgo, no norte da Alemanha. Merkel quer que a cúpula envie um "sinal de determinação" das 20 maiores nações industrializadas e emergentes do mundo para assumir sua responsabilidade internacional. "Precisamos do G-20 mais do que nunca," disse Merkel.

No entanto, a chanceler prevê negociações difíceis, pois espera que haja muitas diferenças nos pontos de vista entre os participantes.

 

*Com informações da Agência Xinhua

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos