Em 3 meses, barco itinerante atende 30 mil ribeirinhos e indígenas no Amazonas

Bianca Paiva - Correspondente da Agência Brasil

Foram mais de três meses percorrendo sete municípios do Amazonas localizados na calha do Juruá: Envira, Guajará, Ipixuna, Eirunepé, Itamarati, Carauari e Juruá. Nesse período, a primeira embarcação do Programa de Atendimento Itinerante Todos pela Vida I, ou Barco Pai, como foi chamado, prestou mais de 100 tipos de serviços e atividades para quase 30 mil pessoas de comunidades indígenas e ribeirinhas.

O Barco Pai retornou no início da tarde de hoje (17) ao Estaleiro Juruá, localizado no Distrito do Cacau Pirêra, município de Iranduba, mesmo local de onde partiu em março deste ano.

O balanço do governo do Amazonas totaliza 113 mil atendimentos gratuitos, a maioria de saúde: 32.213 em diversas especialidades, como oftalmologia, clínica médica, odontologia e vacinação.

Outro serviço oferecido pelo barco itinerante que teve grande procura foi o de retirada de documentos. Foram mais de 10.300 emissões entre carteiras de identidade e de trabalho, CPF, certidões de nascimento e ranis, que é o registro administrativo de nascimento de indígena.

Também foram feitos 1.039 atendimentos nas áreas de previdência social e defensoria pública. Além de repassar informações e orientações para as comunidades, houve concessão de salário-maternidade, aposentadoria rural, pensão alimentícia e outros benefícios, como auxílio-doença, e investigação de paternidade.

Segundo a Secretaria Estadual de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania, durante os atendimentos, os moradores tiveram também acesso à cultura, por meio da biblioteca do barco e de cinema ao ar livre.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos