Petrobras e Odebrecht negociam revisão de acordo de acionistas da Braskem

Cristina Indio do Brasil - Repórter da Agência Brasil

A Petrobras informou nesta terça-feira (18) que começou a tratar com a Odebrecht S.A. a revisão dos termos e condições do acordo de acionistas da Braskem S.A., celebrado em 8 de fevereiro de 2010. Conforme a Petrobras, o objetivo da revisão é aprimorar a governança corporativa da Braskem e o relacionamento societário entre as partes, buscando a criação de valor para todos os acionistas da empresa.

A Odebrecht detém 50,1% e a Petrobras, 47% do capital votante da Braskem, que é uma companhia de capital aberto, com ações negociadas em bolsas de valores no Brasil e no mercado internacional.

"Cabe destacar que a Petrobras está em constante busca pela valorização de seu portfólio, o que inclui a avaliação de possíveis alterações nos acordos de acionistas por ela firmados, nas sociedades em que possui participação", destaca, em nota, a empresa.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos