Número de policiais militares mortos no Rio de Janeiro chega a 90

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

O soldado Fabiano de Brito e Silva, de 35 anos, morreu na manhã de hoje (21), durante um confronto com criminosos armados na Baixada Fluminense. Esse é o 90º policial militar assassinado no Rio de Janeiro neste ano, contando aqueles em serviço, de folga e os aposentados.

Segundo a Polícia Militar (PM), Fabiano estava dirigindo seu carro no bairro de Vila Iracema, em Nova Iguaçu, quando foi abordado por homens armados em uma motocicleta. O soldado reagiu e acabou sendo atingido.

Ele estava na corporação desde 2004. Segundo a PM, entre os policiais mortos, 19 estavam em serviço, 54 de folga e 17 são reformados.

No próximo domingo (23), está marcada a Marcha Nacional Pela Vida dos Policiais Militares, que pedirá providências para a morte de policiais no estado, que será realizada na Praia de Copacabana.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos