PUBLICIDADE
Topo

Jovem condenado por morte de médico no Rio é preso por assalto a mão armada

Em maio de 2015, a ONG Rio de Paz realizou um ato público ao redor da lagoa Rodrigo de Freitas, em protesto pela morte do médico Jaime Gold, que foi esfaqueado enquanto pedalava - Levy Ribeiro/Agência O Dia/Agência O Dia/Estadão Conteúdo
Em maio de 2015, a ONG Rio de Paz realizou um ato público ao redor da lagoa Rodrigo de Freitas, em protesto pela morte do médico Jaime Gold, que foi esfaqueado enquanto pedalava Imagem: Levy Ribeiro/Agência O Dia/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Nielmar de Oliveira

Da Agência Brasil

22/07/2017 16h27

A Polícia Rodoviária Federal prendeu no final da noite deste sábado (21), em Petrópolis, município da região serrana do Rio de Janeiro, o jovem Alexandro de Jesus Montenegro, 19, após assalto a um supermercado no bairro do Quitandinha.

Alexandro Montenegro era foragido do Degase (Departamento Geral de Ações Sócio-Educativas). Ele chegou a cumprir pena de um ano e nove meses de internação por ter assassinado a facadas, junto com outro adolescente, o médico Jaime Gold, de 57 anos, durante assalto na Lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul do Rio, em maio de 2015.

Na época, Alexandro Montenegro era menor de idade. O médico estava pedalando e não reagiu ao assalto, mesmo assim, foi atacado pelos adolescentes.

Há quatro meses, o jovem tinha sido beneficiado pela progressão de detenção, podendo sair durante o dia para estudar e voltar à noite a um dos centros de Criaad (Recursos Integrados de Atendimento ao Adolescente) para dormir. Como ele não compareceu a nenhuma unidade do Criaad, passou a ser considerado foragido.

Segundo a polícia, na noite de ontem, Montenegro, que estava armado com uma pistola no momento em que foi preso pelos agentes federais, tentou fugir do local do assalto em companhia de adolescentes. Ele foi levado para a delegacia 105ª (Petrópolis), onde o caso foi registrado.

Relembre o caso em que o médico foi esfaqueado

Band News