Justiça bloqueia contas do governo do Rio para repasse ao Hospital Pedro Ernesto

Douglas Corrêa - Repórter da Agência Brasil

A Justiça do Rio determinou o arresto de verba diária das contas do governo do estado até que se chegue à quantia de R$ 7.504.261,46 para o pagamento de custeio do Hospital Universitário Pedro Ernesto, em Vila Isabel, zona norte do Rio, que funciona como hospital-escola para os cursos da área biomédica da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj).

O valor sofrerá arresto porque a administração estadual não cumpriu medida de urgência que previa o repasse para a instituição.

A decisão da juíza Ana Cecília de Almeida, da 6a Vara de Fazenda Pública da capital, tem o objetivo de cobrir o integral pagamento das programações de desembolso, emitidas para o mês de junho deste ano. A magistrada estabeleceu que, assim que a quantia for bloqueada, dever ocorrer a transferência imediata para a unidade hospitalar.

Em nota, a Secretaria de Estado de Fazenda informou que o valor já foi bloqueado para o pagamento das contas do hospital.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos