Policiais cumprem mandados de prisão contra agressores de mulheres no Rio

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

Policiais das 14 delegacias especiais de Atendimento à Mulher (Deams) do Rio de Janeiro fazem uma operação na manhã de hoje (7) para reprimir a violência contra a mulher. Os policiais cumprem mandados de prisão e de busca e apreensão contra suspeitos de infringir a Lei Maria da Penha.

Segundo a Polícia Civil, até as 9h de hoje, seis pessoas já tinham sido presas na operação chamada "Comigo não, violão". A ação foi desencadeada em homenagem aos 11 anos da Lei Maria da Penha.

Também em comemoração aos 11 anos da lei, a Secretaria Estadual de Direitos Humanos e Políticas para as Mulheres e Idosos do Rio está lançando hoje a campanha "Ele(a) dizia que me amava", que expõe diversos tipos de violência contra a mulher sob a justificativa do "amor."

Na campanha, serão divulgados vídeos educativos em televisores nos ônibus do Rio. A unidade móvel de atendimento à mulher da Secretaria, chamada de Ônibus Lilás, também prestará assistência social, jurídica e psicológica às mulheres, duas vezes por mês, no Terminal BRT Alvorada, na Barra da Tijuca, a partir de hoje.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos